Como a terapia cognitiva pode ajudar na avaliação de desempenho?

A avaliação de desempenho é uma das principais funções dos psicólogos que trabalham na área de Recursos Humanos. Afinal, medir o rendimento das equipes e conhecer os desafios que elas enfrentam são ações bastante estratégicas para uma empresa.

Os conhecimentos da terapia cognitivo-comportamental (TCC) podem ajudar o profissional de Psicologia nessa tarefa. Quer saber como isso se dá? Confira as informações deste post e veja como a aplicação da TCC vai muito além do consultório!

Do que se trata a avaliação de desempenho?

Em uma empresa, é fundamental que os gestores acompanhem de perto os resultados de todos os setores e funcionários. Existem diversas maneiras de fazer isso e a avaliação de desempenho está entre elas. Essa técnica consiste em analisar a atuação de um colaborador ou equipe usando determinados critérios.

Em geral, são mensurados aspectos como o rendimento no trabalho, o nível de comprometimento com a organização e os relacionamentos interpessoais que são estabelecidos com os clientes, os colegas e os superiores. A avaliação pode ser feita por meio de observações, da aplicação de questionários e outros instrumentos.

As informações coletadas nessa atividade são importantes para a tomada de decisões da empresa. A partir da avaliação de desempenho, podem ser programados, por exemplo, seleções, promoções, demissões, reorganização de equipes, treinamentos, campanhas motivacionais, acompanhamentos individuais etc.

Dependendo da análise dos dados avaliativos, é possível diagnosticar fragilidades e pensar em ações que enfrentem obstáculos e potencializem os pontos positivos da empresa. Assim, é indicado que o desempenho dos colaboradores seja avaliado frequentemente, de acordo com os objetivos da gestão.

Nesse contexto, o setor de Recursos Humanos é um dos principais pilares de um empreendimento de sucesso. Nele, a atuação de psicólogos é fundamental — já que esses profissionais dominam conceitos e técnicas ligadas ao comportamento humano e são capazes de aplicá-los para aperfeiçoar o trabalho.

Como funciona a terapia cognitivo-comportamental?

A TCC é uma abordagem da Psicologia voltada à compreensão das relações entre as emoções, os pensamentos e os comportamentos das pessoas. Apesar de ser amplamente reconhecida na psicoterapia, essa teoria é muito útil também em outras áreas de atuação do psicólogo, como hospitais, escolas e, claro, empresas.

Ela foi desenvolvida por Aaron Beck, que buscou entender de que forma as maneiras com as quais as pessoas interpretam os fatos influenciam na postura delas diante da vida. A ideia de Beck e de outros teóricos da TCC é que, ao longo da história, nós desenvolvemos padrões de pensamentos que direcionam nossas reações às diversas situações cotidianas.

No mundo do trabalho, essa percepção é muito importante, pois permite entender o que está por trás de determinados comportamentos. Um funcionário que não apresenta um bom rendimento em equipe, por exemplo, pode estar enfrentando dificuldades em relação a se sentir aceito e reconhecido pelos colegas.

As técnicas da terapia cognitivo-comportamental ajudam a identificar e modificar os padrões e distorções cognitivas que podem atrapalhar o rendimento de pessoas ou equipes. Como a TCC é uma abordagem conhecida por ser objetiva e interventiva, ela consegue oferecer importantes contribuições para o trabalho no RH.

Com a aplicação da teoria cognitivo-comportamental na avaliação de desempenho, os pensamentos e comportamentos centrais para o trabalho são identificados e viram objeto de intervenção. Dessa forma, os colaboradores recebem suporte para superar obstáculos e melhorar seu rendimento. Afinal, entender o que está dificultando sua rotina no trabalho é um passo fundamental para o crescimento.

Que vantagens existem em utilizar a TCC na avaliação de desempenho?

Há diversos benefícios na integração entre a teoria cognitivo-comportamental e a avaliação de desempenho. Para Luciane Piccoloto, psicóloga e professora supervisora dos cursos do Cognitivo, um dos principais deles é que a TCC responde bem às necessidades das empresas, pois apresenta resultados rápidos — algo que é muito valorizado pelo mercado de trabalho atual.

Além disso, a abordagem tem ampla utilidade nas organizações por explorar diversos conceitos que são centrais para a administração dos recursos humanos de uma empresa. Nas palavras da professora,

os conceitos e técnicas dentro da terapia cognitiva podem ser usados nessa área para a avaliação de estratégias na resolução de problemas e capacidade na tomada de decisão, que são funções cognitivas e levam em conta a capacidade e a habilidade da pessoa, a fim de melhorar a sua competência no ambiente organizacional.

Ou seja, a TCC promove um entendimento mais profundo das funções cognitivas envolvidas no trabalho (como inteligência, atenção, memória, capacidade de tomar decisões e resolver problemas). Dessa maneira, ela potencializa não apenas o diagnóstico do desempenho, mas permite o planejamento de intervenções que visem desenvolver as habilidades dos colaboradores.

Assim, a aplicação da TCC nas empresas proporciona maior desenvolvimento de competências emocionais e técnicas dos funcionários. Além disso, por ser focada no presente e organizada em torno de objetivos, ela promove ações estratégicas para resolver os problemas da empresa.

Quais são os desafios do psicólogo ao atuar com a TCC nas empresas?

Ao falar da aplicação da teoria cognitivo-comportamental no processo de avaliação de desempenho é importante frisar que não se trata de uma transposição da prática clínica para o ambiente empresarial. Logo, um dos desafios para o profissional de Psicologia é entender as particularidades desse cenário de trabalho.

Uma característica essencial nesse ponto é a de que o psicólogo está trabalhando não apenas com uma pessoa, mas com toda uma organização. Ou seja, apesar de acompanhar cada funcionário, as observações e intervenções devem objetivar sempre o desenvolvimento coletivo e a resolução dos problemas da empresa como um todo.

Logo, é importante partir, inicialmente, da compreensão do contexto global da empresa, percebendo, assim, como cada função e cada colaborador atuam para o equilíbrio das atividades de trabalho. A professora Luciane Piccoloto explica como se dá esse trabalho:

você faz primeiro um diagnóstico, uma entrevista com avaliação, dentro da demanda da empresa — algo mais situacional, de necessidade. São feitas entrevistas iniciais, são utilizados conhecimentos da abordagem cognitivo-comportamental, mais o conhecimento da organização e do cargo.

Outro desafio no contexto da Psicologia organizacional é a pressão por resultados. Essa característica está envolvida em todas as funções do psicólogo, mas geralmente o trabalho em empresas inclui mais exigências, medições e cobranças. A boa notícia é que, como já falamos, as técnicas da TCC apresentam bons resultados em relação a isso.

A atuação do psicólogo com a terapia cognitivo-comportamental é muito efetiva na avaliação de desempenho e em outros processos realizados pelo RH de uma empresa. Vale a pena conhecer o assunto para potencializar suas ações nessa área de trabalho!

E então, este post foi útil para saber mais um pouco sobre Psicologia? Aproveite para assinar a newsletter do blog e acompanhar nossas publicações!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.