Como escolher uma pós-graduação em terapia cognitivo-comportamental?

Como escolher uma pós-graduação é a dúvida de muitas pessoas que já atuam em sua área de formação, mas ainda se sentem inseguras para expandir a carreira. Se esse é o seu caso, aproveite as informações que preparamos neste post e entenda como uma especialização em terapia cognitivo-comportamental (TCC) pode ajudar no seu desenvolvimento profissional.

Ao longo do post, você verá o quanto é importante investir em uma pós-graduação para atualizar o seu conhecimento técnico. Verá também quais pontos considerar na hora de escolher um curso e, por fim, você vai entender por que a TCC é uma ótima opção de especialização. Acompanhe!

A pós-graduação é a continuidade do seu sucesso

Vimos, nas últimas décadas, um aumento considerável na quantidade de pessoas com diploma de graduação. O ensino superior ficou mais acessível e a consequência disso é o alto número de profissionais formados e prontos para seguir carreira.

Nos últimos anos, esse feito se repetiu, agora com pessoas já graduadas em busca de maior capacitação. Os profissionais atuantes, conscientes das exigências do mercado e da necessidade de apresentar uma qualificação atualizada, passaram a investir em especializações.

Até mesmo para preencher a lacuna resultante da pouca experiência na área, os jovens graduados partiram em busca de um conhecimento específico para moldar suas habilidades técnicas e ganhar mais autoridade na profissão.

Com isso, a quantidade de profissionais pós-graduados também tem aumentado. E esse é um sinal de alerta para aqueles que paralisaram seus estudos após a conclusão da faculdade. A pós já pode ser vista como um novo bacharelado, e quem não se mover nessa direção correrá o risco de ser deixado para trás na corrida por uma carreira bem-sucedida.

E por que a pós-graduação é garantia de sucesso? Porque esse título não confere somente um grau a mais na formação acadêmica. O aprendizado adquirido em um curso de especialização é mais voltado para o desenvolvimento e aperfeiçoamento de competências técnicas e habilidades específicas.

A junção dos conhecimentos teóricos e práticos aprendidos na pós-graduação garante um repertório bastante aplicável, que prepara o profissional para a vivência real de suas atividades. Além disso, é certo que um título de especialista é a chave para abrir novas portas e, inclusive, conquistar salários mais altos.

O que considerar na hora de escolher uma pós-graduação?

Para escolher um curso que venha, de fato, agregar conhecimento e trazer crescimento profissional, é necessário avaliar uma série de fatores. A começar pela instituição de ensino.

O estudante deve realizar uma pesquisa aprofundada sobre o local onde pretende continuar seus estudos. Afinal, hoje existem inúmeras instituições que oferecem cursos de especialização, seja no formato EAD ou presencial, mas nem todas priorizam o desenvolvimento acadêmico e a atuação profissional do aluno.

É preciso, então, tomar cuidado para não investir em um centro educacional que trabalhe com “venda de diploma”. Ao pesquisar sobre a instituição, leve em conta a experiência e o nome do local, assim como o histórico de profissionais formados e atuantes na área.

Avaliar a qualificação do corpo docente também é importante, já que os professores têm um papel fundamental na transmissão do conhecimento e no compartilhamento de suas próprias vivências no exercício da profissão. E, claro, não se esqueça de verificar a certificação do MEC.

Fazer uma escolha consciente do curso pretendido é outro ponto relevante. O profissional graduado conta com diversas opções de pós-graduação. Não basta fazer por fazer. Para valer a pena, é preciso se basear em um mapeamento de carreira e saber aonde você quer chegar e se está no caminho certo.

Você ainda precisa fazer uma avaliação geral sobre o mercado de trabalho e questionar a aplicabilidade do conhecimento que vai adquirir. Por fim, sobretudo para os profissionais da área da saúde, não se atenha somente ao cenário mercadológico e ao retorno financeiro. Considere, principalmente, os benefícios que uma pós pode trazer para que você ofereça um atendimento de excelência aos seus pacientes.

A terapia cognitivo-comportamental e sua efetividade

“A terapia cognitiva, dentro das psicoterapias, é uma das abordagens com maior comprovação científica empírica de eficácia”, explica  Luciane Piccoloto, supervisora dos cursos do Cognitivo — instituição especializada em cursos na área da terapia cognitivo-comportamental.

Segundo ela, já existem mais de 300 ensaios clínicos que atestam a efetividade da TCC para os casos de depressão. Essa é a razão para tanta procura na área — tanto pelos pacientes, que buscam solução para os seus problemas, quanto por profissionais da saúde mental, que já enxergam na terapia cognitivo-comportamental um excelente campo de atuação.

Além de sua eficácia comprovada, a TCC também é conhecida pelos rápidos resultados terapêuticos. Trata-se de uma forma de intervenção breve, objetiva e focada, que apresenta a evolução dos quadros tratados em curto prazo. Essa celeridade nos tratamentos intensifica a aliança entre o terapeuta e o paciente, torna o processo mais colaborativo e facilita o trabalho do psicólogo.

Em razão dos tantos resultados positivos que a terapia cognitivo-comportamental vem apresentando, os espaços para o profissional dessa abordagem também têm aumentado. Há oportunidades em diversas áreas, inclusive na saúde pública, devido ao “grande número de pessoas que necessitam do atendimento em curto espaço de tempo”, afirma a supervisora dos cursos do Cognitivo.

Outro setor de grande demanda para os profissionais com pós-graduação em terapia cognitiva é o ensino superior. É cada vez maior a procura por professores especialistas em TCC, já que a qualificação do corpo docente é um dos pontos fortes das instituições, como falamos acima.

É justamente esse é um dos diferenciais do Cognitivo: professores com nomes de referência em terapia cognitiva. Além desse, outros pontos de destaque são a quantidade de profissionais formados e que consolidaram carreira na área e a avaliação dada pelos próprios alunos em relação às aulas ministradas.

A certificação de qualidade do Cognitivo e a quantidade de polos educacionais distribuídos em território nacional também são diferenciais que dão peso ao diploma do pós-graduado e o colocam à altura das exigências do mercado — especialmente porque o aluno recebe uma formação bastante focada nas práticas da profissão e conclui o curso totalmente apto para aplicar as técnicas da TCC.

Se você ainda tem dúvidas sobre como escolher uma pós-graduação no campo da Psicologia, conheça um pouco mais sobre a terapia cognitivo-comportamental. Essa, certamente, é uma área que vai continuar em expansão, graças aos efeitos positivos dos processos terapêuticos — não somente nos casos de depressão, como no tratamento de inúmeros transtornos e problemas emocionais. Esse é um caminho seguro para quem pretende se desenvolver profissionalmente!

Para saber mais sobre nossos cursos de formação e especialização em TCC, entre em contato com o Cognitivo, esclareça suas dúvidas e inicie essa nova jornada!

Powered by Rock Convert

Sem Comentários

Cancelar