Entenda como funciona a terapia cognitivo-comportamental em empresas

Nos últimos anos, o mercado de trabalho tem valorizado cada vez mais a atuação de psicólogos. Uma das áreas que mais se beneficia desse fenômeno é a Psicologia Organizacional. Para aproveitar essa oportunidade e alcançar bons resultados, muitos profissionais fazem uso da terapia cognitivo-comportamental em empresas.

Essa abordagem é reconhecida por características como objetividade e diretividade, aspectos muito necessários em uma empresa. Assim, a terapia cognitivo-comportamental pode ser a base para intervenções além da clínica individual ou em grupo. Os avanços em relação ao comportamento de funcionários e líderes demonstram sua validade.

Quer saber mais sobre esse assunto? Confira nossas informações e veja como o ambiente empresarial se beneficia do trabalho do psicólogo com essa abordagem!

Os aspectos trabalhados na terapia cognitivo-comportamental

A terapia cognitivo-comportamental (TCC) é uma das abordagens desenvolvidas na Psicologia. Ela foi criada na década de 60 por Aaron Beck, um psiquiatra e neurologista dos Estados Unidos. Inicialmente, a TCC esteve relacionada ao tratamento da depressão, mas evoluiu muito ao longo do tempo e, hoje, se aplica aos diversos transtornos clínicos e também a outros contextos, como o empresarial.

Na base teórica da terapia cognitivo-comportamental estão o behaviorismo radical e as teorias cognitivas. Por isso, ela envolve a compreensão do comportamento ligado às estruturas do pensamento e emoções. Essa visão integral promove diversos benefícios para as pessoas, pois é possível analisar as vivências psicológicas e suas consequências de maneira completa.

Essa abordagem apresenta uma atuação focada e diretiva, ou seja, as questões a ser trabalhadas são diagnosticadas, e a intervenção é toda planejada em relação a elas. Com isso, a TCC costuma ser uma terapia breve e com resultados rápidos e efetivos. O terapeuta ajuda o paciente a perceber os pensamentos, emoções e comportamentos que geram efeitos negativos.

Dessa forma, é possível identificar o que está por trás do sofrimento das pessoas e modificar as estruturas relacionadas. Uma ideia central para a TCC é a de crenças disfuncionais. Elas se refletem em pensamentos automáticos que muitas vezes fazem as pessoas se sentirem incapazes, fracassadas etc. Perceber e intervir sobre elas é fundamental para alcançar mais saúde.

Os pensamentos e comportamentos disfuncionais são responsáveis por muitas dificuldades na vida pessoal e profissional. A terapia cognitivo-comportamental proporciona a reestruturação cognitiva, substituindo os padrões distorcidos por outros mais saudáveis. Graças a seus resultados positivos, ela é indicada não só na clínica psicológica, mas também no trabalho em outras áreas.

Como aplicar a terapia cognitivo-comportamental em empresas

No passado, as organizações eram consideradas apenas espaços para exercer atividades profissionais. Não se via relação entre o que as pessoas pensavam e como elas se sentiam com o que realizavam no trabalho. Felizmente, esse contexto mudou. Hoje, muitos especialistas se dedicam a pensar sobre as emoções das pessoas em sua atividade laboral.

Diversas empresas e gestores já reconhecem a importância desse fator. Por isso, o setor de recursos humanos é um dos mais estratégicos nos empreendimentos. Desde a contratação de novos funcionários até a gestão e mesmo o desligamento de colaboradores, a Psicologia faz toda diferença na saúde das pessoas e na produtividade do negócio.

Pela necessidade de se ter objetivos bastante claros e intervenções diretas e efetivas, a terapia cognitivo-comportamental se encaixa muito bem no trabalho do psicólogo organizacional. Ao se basear nessa teoria, o profissional tem condições de perceber as crenças presentes na empresa e manejar técnicas que aumentam o desempenho de todos.

Os resultados empresariais são gerados por um conjunto de pessoas que sentem, pensam, comportam-se e relacionam-se com outras. Todos esses elementos são foco do trabalho do psicólogo nas organizações. É papel dele identificar talentos, mediar conflitos, gerir a motivação, intervir em processos de adoecimento e estimular crenças produtivas.

A atuação desse profissional se dá em diversas frentes. Ele realiza as seleções de pessoal (tanto internas quanto externas), monta treinamentos e capacitações, acompanha questões emocionais dos colaboradores e participa de reuniões dos diversos setores. Dessa forma, é possível diagnosticar dificuldades e resolvê-las, ajudando os funcionários a lidar melhor com suas emoções diante dos desafios do trabalho.

As técnicas da TCC são muito úteis no âmbito empresarial. O psicólogo utiliza a abordagem para identificar estímulos estressores na empresa, fazer avaliação psicológica dos colaboradores, estimular mudanças no estilo de vida, ajudar as pessoas no manejo de suas emoções e realizar treinamentos de resolução de conflitos e outros temas pertinentes.

As vantagens da TCC no ambiente empresarial

Um dos principais impactos de se utilizar a terapia cognitivo-comportamental em empresas é na saúde do trabalhador. Organizações que investem nesse aspecto garantem melhor qualidade de vida para os colaboradores, já que eles aprendem a contornar as situações estressantes e desafiadoras do ambiente de trabalho.

O crescimento profissional também é outro efeito positivo das intervenções da Psicologia Organizacional. Um funcionário que tem contato com as técnicas da TCC se desenvolve, se sente mais seguro e fica capacitado para realizar suas funções e até mesmo conquistar novas posições — assumindo cargos de liderança, por exemplo.

Além dos benefícios individuais, a terapia cognitivo-comportamental também desenvolve habilidades importantes para os diversos grupos que compõem a empresa. O psicólogo media conflitos, avalia perfis profissionais e ajuda a montar equipes mais eficientes, alocando a pessoa no setor em que ela trará melhores resultados.

Um ambiente no qual todos aprendem a identificar suas emoções e reagir melhor a elas é mais saudável. Consequentemente, as relações também se estabelecem de maneira positiva. Além disso, a TCC auxilia na aquisição de competências indispensáveis ao mercado de trabalho hoje, como resiliência, bom relacionamento e motivação.

Por fim, importantes vantagens que a TCC gera para as empresas são o aumento da produtividade e a diminuição da rotatividade de colaboradores. Afinal, funcionários bem-cuidados trabalham melhor e têm mais ligação com a empresa. Assim, é possível aumentar os rendimentos e diminuir prejuízos com demissões e contratações.

Percebeu como a terapia cognitivo-comportamental em empresas pode ser muito útil? Vale a pena conhecer melhor essa abordagem e se capacitar para trabalhar com ela no campo da Psicologia Organizacional. A tendência é que a atuação do psicólogo seja cada vez mais valorizada nessa área.

E então, tem interesse em aproveitar essa oportunidade na sua carreira? Entre em contato com o Cognitivo e conheça nossos cursos!

Powered by Rock Convert

Sem Comentários

Cancelar