Formei, e agora? Saiba como trilhar seu caminho na Psicologia

O campo da Psicologia atrai milhares de estudantes todos os anos, sendo que apenas alguns persistem nesse caminho até o fim. Porém, mesmo depois de anos estudando, uma questão que costuma aparecer é: formei, e agora? O que devo fazer depois de concluir a faculdade? Como posso continuar atuando e me aprimorando?

Essas dúvidas são bem comuns para aqueles que estão ingressando agora na carreira de Psicologia, pois é o momento em que a maioria dos formandos precisa encontrar uma nova rotina e um novo objetivo. Não há mais a rotina da grade de horários. Se você está passando por esse momento, saiba que não é tão difícil quanto possa parecer. Com um pouco de informação, você poderá explorar melhor suas opções e encontrar novas oportunidades de trabalho e especialização em Psicologia.

Para ajudar a dar o primeiro passo, vamos falar um pouco sobre o mercado de trabalho de Psicologia e mostrar alguns dos caminhos possíveis. Acompanhe.

O mercado de trabalho em Psicologia

O primeiro passo depois do “formei, e agora?” é aprender mais sobre o mercado de trabalho para psicólogos e suas particularidades. Veja aqui algumas das informações mais relevantes para quem deseja construir carreira.

As oportunidades

Como você já deve saber, há uma enorme quantidade de áreas nas quais os profissionais de Psicologia podem se inserir, como a clínica, o RH, mediação de grupos, escolas, psicologia jurídica, entre muitas outras. Tudo dependerá principalmente da sua abordagem e da área específica em que pretende se inserir.

Também é verdade que, para alguns setores, o mercado de trabalho está um pouco saturado, o que aumenta a necessidade de se destacar. Mais do que um bom aluno durante a graduação, você precisa participar de atividades que comprovem sua capacidade como profissional.

As exigências

Outro ponto a que você precisa ter atenção é em relação às exigências do mercado de trabalho em relação aos profissionais de Psicologia. Em muitos casos, só é permitido atuar em determinada área deforma plena com uma especialização, como Psicanálise ou terapia cognitivo-comportamental (TCC). Sendo assim, quanto antes você avançar em sua formação, melhor.

Além disso, como já mencionamos, há bastante concorrência nesse mercado. É necessário construir um nome para si mesmo ao longo dos anos, pacientes satisfeitos, pesquisas acadêmicas, participação em congressos etc. Quanto mais você tiver a apresentar nesse momento, melhores serão suas chances de ser bem recebido no mercado de trabalho.

Os salários

Por fim, é sempre bom ter em mente o estilo de vida que você busca e o que precisa ser feito para alcançá-lo. Entre os fatores a serem levados em conta, o salário é um deles. E ele depende muito do que você resolve fazer logo depois de concluir o ensino superior.

A faixa salarial para o psicólogo depende principalmente de sua área de atuação. Alguém trabalhando na psicologia escolar ganhar, em média, R$ 1.700, enquanto um psicólogo hospitalar ganhar, em média, R$ 2.200. E esses números são bem mais elevados para aqueles que possuem pós-graduação e cursos de especialização.

Formei, e agora: busque autoconhecimento

Apesar de toda a ansiedade para começar logo a fazer “alguma coisa”, a verdade é que, para melhorar suas chances de ter sucesso na carreira, você precisa, mais do que nunca, parar, se afastar, respirar e refletir sobre si mesmo.

Veja aqui algumas perguntas que você deveria responder antes de dar o próximo passo.

Com quais áreas você se deu melhor até agora?

Pode parecer uma pergunta um pouco superficial, mas ela é fundamental para definir o futuro da sua carreira. Afinal, você vai ter que continuar estudando e praticando por um bom tempo se quiser se especializar. É melhor escolher algo que você consiga ler ao longo dos anos e que sinta alguma satisfação em fazer.

Claro, uma área de estudos na prática é sempre diferente da teoria. Faça sempre o seu melhor para explorar suas opções em ação, não apenas nos livros. Estágios, residências e mesmo atuação profissional direta podem dar uma noção bem mais clara dessa carreira e do que espera ao seguir esse caminho.

Quais são suas metas de carreira?

Se você quer se desenvolver em qualquer profissão, então precisa ter um objetivo em mente, um lugar aonde deseja chegar. Pode ser um estágio da sua vida como um todo, uma faixa salarial com a qual você se sinta confortável ou qualquer outra condição. O importante é que ela guie suas decisões.

Com uma meta bem esclarecida, você terá recursos melhores para acompanhar seu progresso e, claro, traçar um plano de ação. Dê um passo de cada vez e você logo chegará ao seu destino.

Tem algo que você não deseja fazer?

Por fim, mas não menos importante, qual é o seu limite? Não quer trabalhar nos fins de semana? Existe algum tema ou problema com o qual você não deseja lidar? É bom ter tudo isso em mente antes de escolher sua carreira, pois a Psicologia pode expor a vários problemas assim. Esse é um bom momento para experimentar situações novas e, claro, fazer sua própria terapia para trabalhar essas questões.

Leve em consideração continuar os estudos na área

Já mencionamos algumas vezes ao longo do texto, mas não custa nada reforçar: se você quer se destacar no mercado de trabalho como profissional de Psicologia, o mais importante é fazer uma especialização. Em outras palavras, você precisa dar continuidade à sua formação.

Um profissional especialista tende a receber muito mais pelo seu serviço do que aqueles com apenas a graduação geral. E também não faltam caminhos para você continuar estudando. A pós-graduação em terapia cognitivo-comportamental, por exemplo, é um dos métodos que vem ganhando projeção nos últimos anos, atendendo mais pacientes do que nunca.

Diante de todas essas informações, fica bem claro que você não deve parar no “formei, e agora?”. Mesmo que não comece uma pós-graduação ou curso de especialização imediatamente, é bom explorar suas opções para poder escolher aquela que mais se encaixa nos seus objetivos.

Quer continuar acessando dicas para prosseguir na sua carreira? Então assine nossa newsletter e receba tudo em primeira mão.

Powered by Rock Convert

Sem Comentários

Cancelar