Livros de Psicologia: 5 excelentes leituras para psicólogos

A leitura é uma habilidade muito exigida de estudantes e profissionais da ciência psicológica. Além dos assuntos discutidos na faculdade ou em cursos de pós-graduação, existem livros de Psicologia que contribuem muito para a formação profissional.

Eles enriquecem sua prática profissional e trazem importantes conteúdos relacionados à teoria que embasa suas ações. Então, que tal falarmos sobre algumas obras que você deve adicionar na sua biblioteca pessoal? Confira neste post 5 livros muito úteis!

1. Regulação emocional em psicoterapia — Um guia para o terapeuta cognitivo-comportamental

Essa publicação é essencial para aqueles que optam pela Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) em sua atuação como psicólogo. Ela foi escrita pelos autores Robert Leahy, Dennis Tirch e Lisa Napolitano e oferece ao leitor toda a experiência clínica do trio, contribuindo muito para psicólogos que trabalham com essa teoria.

Uma das maiores relevâncias desse livro é abordar o tema das emoções — que merece receber mais atenção em pesquisas e publicações da área. Sem dúvida, é uma obra de referência para terapeutas que querem entender mais profundamente sua intervenção na regulação emocional dos pacientes.

O trabalho com as emoções é uma demanda crescente na clínica e, por isso, precisa ser mais bem estudado. Então, se você quer estar preparado para identificar e intervir nesses processos durante a psicoterapia, faça desse livro a sua próxima leitura.

2. Prevenção e promoção em saúde mental — Fundamentos, planejamento e estratégias de intervenção

Mais um exemplar que não poderia faltar entre as indicações de livros de Psicologia é a obra que conta com a organização de Sheila Giardini Murta, Larissa Polejack, Cristineide Leandro-França e Karine Brito dos Santos. Ela foi escrita com a colaboração de outros diversos autores, o que garante riqueza de experiências e contribuições teóricas.

A publicação oferece muito conhecimento sobre a prática de Psicologia e um de seus principais diferenciais é a didática. Os capítulos apresentam os conceitos da teoria, assim como ideias de planejamento e estratégias de intervenção. Além disso, relatos de experiência deixam a escrita ainda mais completa.

Com essas características, esse é um livro básico para todo psicólogo que atende na clínica. Afinal, nada melhor do que contar com estudos de caso e dicas de autores renomados na área. E essa leitura não é útil apenas para os psicólogos clínicos, mas também para quem atua em qualquer campo da Psicologia e das políticas públicas de saúde mental.

3. Habilidades sociais — Diálogos e intercâmbios sobre pesquisa e prática

Uma das maiores demandas do trabalho do psicólogo, seja na clínica ou em instituições (como empresas e escolas), é o desenvolvimento de habilidades sociais. Elas são indispensáveis para a nossa vida, já que, em qualquer contexto, pessoal ou profissional, o ser humano necessita da interação com outros.

Dessa forma, sabemos que a falta dessas competências traz prejuízos significativos para as pessoas. Por isso, muitas vezes, elas procuram a terapia ou a mediação do psicólogo em seu local de trabalho ou estudo. Logo, é muito útil que o profissional tenha leitura aprofundada sobre esse assunto.

E isso pode ser conquistado por meio do livro organizado por Zilda Del Prette, Adriana Benevides Soares, Camila de Souza Pereira-Guizzo, Márcia Fortes Wagner e Vanessa Barbosa Romera Leme. Ele fala do desenvolvimento das habilidades sociais em diferentes contextos de trabalho do psicólogo — como clínicas, escolas, empresas etc.

Além disso, aborda o assunto considerando públicos de diferentes idades e intervenções feitas tanto individualmente como em grupo. Percebeu como essa é uma obra completa e didática sobre o tema? Sem dúvida, vale a pena estudar por ela e guardá-la em um local especial para consultar sempre que necessário.

4. Da Psicologia às Ciências Cognitivas

Quem se interessa pelas Ciências Cognitivas e sua relação com a Psicologia deve ter esse livro como referência. Escrito por Cleverson Leite Bastos e Kleber B. B. Candiotto, ele traz um diferencial enorme para a área: o esforço de relacionar essas ciências de uma maneira integrada e didática.

Pontos que são geralmente estudados de maneira separada durante a graduação ganham outra dimensão nesse livro. Assim, é uma ótima indicação para quem quer compreender mais sobre Ciências Cognitivas, Psicologia Evolutiva e Neurociências. Os autores fazem um apanhado histórico que aborda desde a Psicologia introspectiva até as tendências atuais na área.

Quem trabalha com Terapia Cognitivo-Comportamental ou Neuropsicologia — ou tem interesse em aprofundar seus conhecimentos nesses assuntos — vai gostar muito dessa indicação. A leitura, com certeza, vai agregar valor aos seus estudos e proporcionar mais coesão para o entendimento de cada campo científico abordado.

5. Intercâmbio das psicoterapias — Como cada abordagem psicoterapêutica compreende os transtornos psiquiátricos

Para finalizar, trazemos essa obra incrível organizada pela autora Roberta Payá. Esse livro é um verdadeiro manual de consulta para psicólogos, graças ao esforço dos autores em apresentar as diversas particularidades de cada abordagem da Psicologia no tratamento de transtornos psiquiátricos, como a depressão.

Assim, independentemente da teoria escolhida por você, esse livro se torna uma necessidade na sua biblioteca pessoal. Ele traz detalhes da compreensão de 7 escolas da Psicologia:

  1. Psicanálise,
  2. Fenomenologia,
  3. Psicodrama,
  4. Psicologia Analítica,
  5. Psicologia Corporal,
  6. Terapia Familiar Sistêmica
  7. e Terapia Cognitivo-Comportamental.

Com isso, além de contribuir com seus estudos sobre a abordagem que você adotou, a obra proporciona também um intercâmbio mais efetivo entre os diferentes conhecimentos da Psicologia. Assim, fica mais fácil entender como colegas de outras teorias estudam e tratam os transtornos.

Isso é útil na hora de fazer encaminhamentos e indicações. Além disso, proporciona a oportunidade de construir pontes entre as abordagens e enxergar um caso sob novos olhares, considerando as contribuições de outras teorias. Nesse ponto, claro, é importante ter atenção para não fazer uso de técnicas de forma acrítica, mas considerar a relevância delas dentro de cada caso e do seu embasamento teórico.

Os 5 livros de Psicologia que indicamos neste post têm muito a contribuir com a sua formação e prática profissional. Lembre-se de que continuar estudando e se aperfeiçoando é essencial para aumentar sua credibilidade e alcançar melhores resultados com o seu trabalho. Nesse sentido, fazer novas leituras é sempre uma boa escolha — além do investimento em cursos e especializações que enriqueçam sua carreira.

Importante destacar que os livros aqui citados foram escolhidos por critérios eminentemente técnicos, não havendo nenhuma relação de interesse com a Instituição.

E então, está interessado em adquirir essas obras e aprofundar seus estudos? Aproveite para compartilhar nosso post nas redes sociais e trocar indicações com seus colegas!

Powered by Rock Convert

Sem Comentários

Cancelar